sexta-feira, 26 de fevereiro de 2010

DEVANEIO


Teu  toque;
Um ponto intenso em meus sentidos,
som que invade os meus ouvidos;
canção sem nexo,
côncavo e convexo,
paixão.
..........................................................
Solta mansidão que faz o dia
sonho de criança em tom de maré calma,
flocos de ilusão que voa vadia
e dá um tempo no espaço de minhšlma;

Eu te amo,
em qualquer tempo, 
sobretudo em meus braços;
 
Eu te chamo,  
em pensamento,  
vejo o mundo do espaço;

Um instante na essência do eterno -   
Lá eu fiz a nossa casa; 
vou pra lá por sobre a asas  
da emoção sem rumo certo.......

Nenhum comentário:

Postar um comentário